29 de Março, 2016

Lucas do Rio Verde adota coleta de lixo mecanizada

Atualmente 3.600 unidades são responsáveis pela coleta de 60 toneladas por mês.

A cidade de Lucas do Rio Verde (329 km de Cuiabá) é a primeira em Mato Grosso, e a terceira do país a adotar o sistema de coleta 100 % mecanizada de lixo e resíduos sólidos, substituindo a mão de obra dos garis. Ao todo, o projeto contou com um investimento de R$ 5 milhões, e envolve a capacitação dos trabalhadores para exercerem outras funções no município. Atualmente 3.600 unidades são responsáveis pela coleta de 60 toneladas por mês.

O modelo adotado começou a ser instituído em 2013, com o Plano Municipal de Resíduos Sólidos. Em 2014, começaram a ser instalados os contentores de lixo em todas as ruas da cidade e agora, a cidade, que já realizava a coleta seletiva, conforme determina a Política Nacional de Resíduos Sólidos, se junta a outras duas adeptas do sistema: Uberlândia (MG) e Campinas (SP), ambas da região sudeste.

Para o recolhimento, existem dois tipos de contentores, um azul para o lixo reciclável e um laranja para resíduos úmidos. Um contentor exclusivo para folhas e gramas também está sendo testado. Além disso, foram adquiridos caminhões equipados com um sistema de lavagem para limpar os recipientes.

De acordo com a Secretaria de Estado de Comunicação (Secom), um Ecoponto também foi criado para o recebimento dos materiais. No local, a Associação dos Coletores de Materiais Recicláveis de Lucas do Rio Verde (Acorlucas), realiza a separação e destinação dos produtos, toda a renda é revertida para nove famílias.
Com o novo sistema, os trabalhadores que atuam na coleta de lixo estão sendo qualificados para atuar em outros setores. Dezoito dos 32 servidores já participaram de um curso de qualificação na área da panificação.

Na quinta-feira, 10, o governador Pedro Taques participou do lançamento do sistema de coleta mecanizada de lixo. "Lucas do Rio Verde precisa ser estudada, as palavras convencem as pessoas, mas são os exemplos que arrastam, afirmou o governador", disse.

Fonte: Cenário MT

Última modificação em Terça, 29 Março 2016 17:36
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2019 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação