05 de Março, 2018

Sanear reforça projeto de educação ambiental

O Sanear de Rondonópolis está colaborando com o trabalho de cooperativas de catadores. 

O Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) têm desenvolvido um projeto de educação ambiental em parceria com as cooperativas dos catadores de materiais reutilizáveis. A reciclagem de lixo tem sido uma grande solução para que os resíduos não prejudiquem o meio ambiente e também é o objeto principal de trabalho dos catadores. Com as melhorias na estrutura, veículos de trabalho das cooperativas e apoios do poder público, o rendimento destas associações registrou crescimento neste ano.

A separação dos resíduos é feita dentro das casas e depois são enviados para estas associações onde são separados e compactados. Atualmente, a cidade conta com duas cooperativas que trabalham com a seleção do material recolhido: a Cooperativa de Reciclagem de Lixo União Cidadã Recicla Rondonópolis (Coopercicla) e a Cooperativa Nova Esperança. Elas recebem os materiais recolhidos nos bairros e também fazem a coleta em alguns pontos da cidade.

Nos galpões é feita a separação de metais, plásticos, papéis e vidros e na sequencia são prensados separadamente. A presidente da Cooperativa Nova Esperança, Eliene Fernandes, disse que, com o apoio dos caminhões que chegaram recentemente, tem alguns projetos para desenvolver esse ano, dentre eles o da educação ambiental nos bairros em parceria com o Sanear.

A presidente da Coopercicla, Jussineide Correa da Silva, explicou que agora, com a ampliação da coleta nos pontos da cidade, será possível aumentar a quantidade de material recolhido e a cooperativa terá mais expectativa de crescer. “Muitos outros lugares estarão enviando materiais para coleta seletiva, como na Vila Operária, onde temos buscado uma boa quantidade de papelões”.

Além de empregar mais pessoas, as cooperativas passaram a receber uma assistência direta do Sanear e da prefeitura para desenvolver trabalhos e parcerias junto ao poder público.

O objetivo é de que com as melhorias, as cooperativas se articulem cada vez mais nos trabalhos, melhorando os rendimentos e adquirindo mais autonomia para os cooperados e suas associações.

Com as divulgações do Núcleo de Educação Ambiental do Sanear, a respeito da coleta seletiva, a perspectiva é que aumente a conscientização e a colaboração da população nesse trabalho, tanto na quantidade de material que é coletado, como também para que os resíduos sejam armazenados corretamente (sempre limpos e secos).

 

Fonte: Sanear Rondonópolis

Última modificação em Segunda, 05 Março 2018 17:02
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2019 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação