11 de Abril, 2018

Daerp realiza projeto piloto

Os testes deverão durar 45 dias e vão servir de base para a definição do melhor modelo a ser adotado.

O Departamento de Água e Esgoto de Ribeirão Preto ( Daerp) está realizando testes com equipamentos para a automação do sistema de cloração e fluoretação da água produzida nos 109 poços.

Os equipamentos - um controlador e analisador de flúor e cloro e do PH da água, um PLC (Controlador Lógico Programável), uma bomba dosadora com válvula de segurança - foram instalados no poço Bonfim Paulista 4. 

Segundo explicou o chefe da Seção de Tratamento do Daerp, João Carlos Silva Ferreira, está sendo realizado um projeto piloto para a automação do sistema.

Testes

Os equipamentos em testes no Daerp permitem o controle em tempo real das dosagens de flúor e cloro nos poços de abastecimento de água, garantindo que os níveis permaneçam sempre dentro dos limites, independente das alterações que possam vir a ocorrer durante a vasão do poço.

“O sistema recebe informações do macromedidor e mantém a dosagem do cloro e do flúor dentro dos padrões estabelecidos, sem necessidade de controle de acompanhamento”, explicou João Carlos Silva Ferreira.

O responsável pela seção de tratamento do Daerp explicou, ainda, que o sistema testado faz a análise da qualidade da água no próprio local, garantindo mais segurança no sistema de abastecimento.

A fase de testes de equipamentos deverá durar cerca de 45 dias, quando serão testados outros tipos de bombas utilizadas pelo Daerp, o comportamento do equipamento com variações do poço e qual tipo de automação será a mais adequada à autarquia.

Novas bombas

O Daerp abriu, no final de março, uma licitação para a compra de 60 novas bombas dosadoras de última geração que já poderão ser utilizadas no processo de automação.

Fonte: Daerp

 

Última modificação em Quarta, 11 Abril 2018 11:20
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2018 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação