24 de Maio, 2018

Samae Caxias do Sul inaugura adutora

Prefeito Daniel Guerra participou da solenidade no bairro Pôr-do-Sol nesta segunda-feira (21/05).

O Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) inaugurou, na tarde desta segunda-feira (21/05), a Adutora Marrecas lote I e II, que consiste em uma rede de água tratada do Sistema Marrecas. A cerimônia ocorreu na praça ao lado da Escola Municipal Engenheiro Mansueto Serafini, localizada no bairro Pôr-do Sol, uma das comunidades contempladas pela obra. A solenidade contou com a presença do prefeito Daniel Guerra; do diretor-presidente do Samae, Giovani Zappas; e de diversas autoridades, além de moradores da região.

O diretor de Planejamento Integrado do Samae, Gerson Panarotto, salientou a importância da obra como a principal do conjunto de soluções pensado para a Zona Norte da cidade. “Nosso intuito é proporcionar melhorias nas condições de abastecimento de água para toda a localidade, além de reduzir custos de energia com a desativação de diversos bombeamentos”, exaltou.

“Essa obra tão importante que entregamos, principalmente aos moradores da Zona Norte, foi desenvolvida para suprir a demanda de água desta região com tecnologia, planejamento e investimento. O Samae é modelo de serviço para o Brasil todo e hoje demonstramos, mais uma vez, que estamos mobilizados para melhorar a qualidade de vida da população caxiense”, salientou Giovani Zappas, diretor-presidente da autarquia.

O prefeito Daniel Guerra destacou os diversos benefícios que a Adutora Marrecas proporcionará aos moradores. “Essa grande obra não só garante a não interrupção, mas também amplia a qualidade na água, e nos coloca a responsabilidade de nos mobilizar no presente para garantir essa água no futuro”, ressaltou.

Adutora

A obra executada às margens da Rota do Sol e em outros pontos da região recebeu investimento de R$ 6,5 milhões em materiais e de R$ 4,5 milhões em serviços, totalizando R$ 11 milhões. Os projetos incluíram a implantação de 8.290 metros de extensão em tubos de ferro fundido. A obra foi dividida em dois lotes: o primeiro de 4.450 metros e o segundo de 3.840 metros. Inicialmente, a adutora levará água tratada para cerca de 60 mil habitantes, podendo atender até 200 mil pessoas da localidade futuramente.

A aposentada Maria Bernardina Teles de Melo, 67 anos, prestigiou a solenidade e disse estar confiante e feliz com a entrega da obra. “Caxias cresceu de forma muito rápida, então precisávamos de uma adutora que pudesse atender uma grande parte da população que veio morar aqui na região”, falou.

O principal objetivo da nova adutora é melhorar a oferta de água aos moradores dos bairros Nossa Senhora de Fátima, Belo Horizonte, Santa Fé, Nossa Senhora do Rosário, Pioneiro, Centenário, Nossa Senhora da Saúde, Moinhos de Vento e arredores, além de reduzir custos de energia com a desativação dos bombeamentos Fátima I e II, Pioneiro I e II, Santa Fé I, II e III, Avenida Santa Fé, Centenário, Parque Oásis e Morada dos Alpes.

Atualmente, esses bairros são abastecidos pela represa Maestra por meio da Estação de Tratamento de Água (ETA) Dr. Celeste Gobbato. A partir do início de operação da nova adutora, a água passará, gradativamente, a ser distribuída por gravidade pelo Sistema Marrecas, o que possibilitará uma vazão maior de água, além da garantia de um aumento de oferta futura para atender o aumento populacional da região.

Fonte: Samae Caxias do Sul

Última modificação em Quinta, 24 Maio 2018 11:11
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2018 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação