11 de Novembro, 2019

Daep Penápolis assina convênio para esgotos

O investimento será de R$ 653.497,52, sendo R$ 558.522,47 de financiamento a fundo perdido e o restante de contrapartida do Daep.

O Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis) firmou convênio na última semana para a substituição do emissário da Santa Terezinha, visando melhorias no sistema de coleta de esgotos do município. O convênio com o Fehidro (Fundo Estadual de Recursos Hídricos) na Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente prevê investimentos de mais de R$ 653 mil.

A assinatura foi feita pelo presidente do Daep, Edson Bilche Girotto, o Batata, junto ao Secretário Executivo da Infraestrutura e Meio Ambiente, Luiz Ricardo Santoro, ao coordenador de recursos hídricos do Estado de São Paulo, Rui Brasil e ao assessor parlamentar, Paulo Delgado.

O investimento total será de R$ 653.497,52, sendo R$ 558.522,47 de financiamento a fundo perdido e o restante de contrapartida do Daep. Após a assinatura do convênio, o próximo passo é a abertura do processo licitatório para contratação dos serviços.

O projeto foi pleiteado no início deste ano junto ao Comitê da Bacia Hidrográfica do Baixo Tietê e analisado nas Câmaras Técnica de Planejamento e de Saneamento. Posteriormente, foi aprovado em assembleia geral e encaminhado ao agente técnico para análise e liberação para assinatura do convênio.

Melhorias

Dentre as ações previstas estão a movimentação de solo com escavação mecanizada de valas, escoramento de solo, troca da tubulação por tubos de PVC de 400 mm e trocas de alguns ramais, construção de quatro poços de visitas, compactação do solo e recapeamento asfáltico.

O presidente do Daep, Edson Bilche Girotto, o Batata, explicou que o emissário da Santa Terezinha é bastante antigo e que traz riscos de vazamentos, além da necessidade frequente de reparos.

“Este emissário é construído com tubos de concreto, material que sofre deterioração com o tempo e com os gases emitidos pelo esgoto, que são altamente corrosivos. Com o investimento, o emissário será totalmente substituído por tubos de PVC corrugado, material mais resistente e durável”, explicou.

Fonte: Daep Penápolis

Última modificação em Segunda, 11 Novembro 2019 10:12
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2020 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação