09 de Março, 2020

Sanasa: maior serviço municipal de saneamento

A companhia municipal investiu R$ 109 milhões em 2019, resultado que a elevou para a primeira posição.

A Sanasa de Campinas (SP) apareceu novamente em primeiro lugar no ranking das maiores empresas municipais de saneamento da Revista Saneamento Ambiental, considerada a principal publicação do setor. Em seguida estão o DMAE Porto Alegre (RS), SAAE Sorocaba (SP), DAE Jundiaí (SP) e DAE Ribeirão Preto (SP). Outro destaque da Sanasa foi em relação aos investimentos, em que a empresa também apareceu em primeiro lugar. 

Nos sistemas de abastecimento de água e saneamento, em 2019, a Sanasa investiu R$ 109 milhões, resultado que a elevou para a primeira posição. Em 2018, a empresa estava na quarta posição, com R$ 92 milhões investidos.

 “Ser, mais uma vez, reconhecida como a melhor empresa municipal de saneamento do nosso País é um orgulho para todos nós e para a cidade de Campinas. Mais do que isso, sabemos que o acesso ao saneamento de qualidade proporciona mais saúde para a população e ainda interfere na produtividade e na economia de uma cidade. Esses resultados positivos da Sanasa demonstram que a empresa e a Administração estão trabalhando com eficiência e promovendo mais qualidade de vida aos campineiros”, ressalta o presidente da Sanasa, Arly de Lara Romêo.

 No ranking geral, que inclui as empresas estaduais, municipais e privadas de todo o País, a empresa de Campinas se manteve na 15ª posição. Mais uma classificação que coloca os serviços prestados à população em um grau de excelência.

 Investimentos da Sanasa

 Desde 2013, a empresa já investiu R$ 677 milhões em sistemas de abastecimento, esgotamento sanitário e outros investimentos. A Sanasa é a primeira empresa municipal da América Latina a ter uma estação produtora de água de reúso. Com uma das maiores tecnologias do mundo – as membranas de ultrafiltração –, a EPAR é capaz de produzir uma água de reúso, vinda do esgoto bruto, com 99% de grau de pureza, sem a utilização de produtos químicos.

 A Sanasa possui ainda mais de 22 estações de tratamento de esgoto na cidade que, juntas, tratam 92% de todo o efluente. Em 2020, com a conclusão das obras da EPAR Boa Vista, que teve um investimento de R$ 68.458.591,90, Campinas será a primeira cidade com mais de 500 mil habitantes a atingir a capacidade instalada para tratar 100% do esgoto. Ainda no sistema de esgoto, a Sanasa está na vanguarda, com 96,5% de coleta e afastamento de esgoto.

No sistema de água, os investimentos também não param. Atualmente, 99,81% da população recebem água potável. Responsabilidade social e mais saúde para a população. Com o programa ‘Menos Perda Mais Água’, a Sanasa foi a primeira empresa municipal a fazer parte do Pacto Global da ONU, programa em que participam somente empresas com responsabilidade ambiental. E preocupação com o meio ambiente é prioridade na empresa. A Sanasa tem um dos menores índices de perdas de água do Brasil, 19,2%. Desde o início do Programa de Controle e Redução de Perdas, em 1994, mais de 396,7 quilômetros de redes de água já foram trocados, evitando o desperdício de água potável.

Para obter mais informações sobre o ranking publicado pela Revista Saneamento Ambiental, acesso o link: https://www.sambiental.com.br/revista/194/.

Investimentos de 2013 a 2019 no sistema de abastecimento e esgotamento em Campinas:

Recursos investidos: R$ 677 milhões;

Troca de redes de distribuição de água: 228,5 quilômetros;

População abastecida com água potável: 99,81%;

Capacidade instalada para tratamento de esgoto: 95%;

População atendida com coleta e afastamento: 96,5%.

Fonte: Prefeitura Municipal de Campinas

 

Última modificação em Segunda, 09 Março 2020 10:40
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2020 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação