22 de Mai, 2020

Sede da Sanasa: modelo de sustentabilidade

O local se destaca por ações de acessibilidade, coleta seletiva e economia de energia.

Privilegiando questões como economia de energia, acessibilidade e coleta seletiva, a sede da Sanasa de Campinas (SP) foi apresentada, mais uma vez, ao Programa Município VerdeAzul (PMVA), do Governo do Estado, como ‘Instalação Modelo de Sustentabilidade’. Em 2014, 2017, 2018 e 2019, a empresa campineira também teve esse reconhecimento de modelo de sustentabilidade.

A sede integra o rol de boas práticas ambientais adotadas no município de Campinas. A avaliação contempla a instalação de duas placas, afixadas na portaria de pedestres e no saguão, informando os dez itens que fazem da sede um modelo de boas práticas.

Com um design inovador, a estrutura física da Sanasa chama a atenção de quem passa pela Avenida da Saudade e é tradicionalmente conhecida pela população campineira como “prédio espelhado”, por conter janelas e portas refletivas em toda a sua extensão.

O Programa Município VerdeAzul teve início em 2007 e premia os municípios, por meio de um ranking ambiental, com melhor desempenho. O objetivo é estimular outras edificações a adotarem ações que promovam o desenvolvimento sustentável. Além de contribuir com o meio ambiente, o programa reitera o compromisso do município com a sustentabilidade.

Fonte: Sanasa Campinas

Última modificação em Sexta, 22 Mai 2020 10:46
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2020 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação