04 de Junho, 2020

DAE Jundiaí avança no mapeamento do esgoto

A tecnologia de televisionamento permite a análise do estado interno das tubulações. 

A DAE Jundiaí (SP) deu início a um trabalho inovador: com uso de tecnologia, as condições da rede de esgoto da cidade passaram a ser verificadas por meio de televisionamento, o que vai permitir a análise do estado interno das tubulações, contribuindo para a tomada de decisões quanto aos procedimentos a serem adotados para solução de problemas.

“É um avanço, pois estamos unindo a experiência dos nossos servidores com a tecnologia das imagens”, avalia o diretor de Manutenção da DAE, João Viveiros. “Com as imagens, poderemos verificar de forma mais específica os problemas existentes na rede, em pontos críticos, bem como os resultados dos serviços de manutenção realizados pelos equipamentos de hidrojateamento, testando a eficácia”, acrescenta.

Para isso, o contrato prevê um conjunto de dispositivos eletrônicos, que vão possibilitar a inspeção e diagnóstico da situação operacional dos coletores de esgoto, por meio de circuito fechado de televisão. O uso de cabos, monitor, câmera de vídeo e máquina fotográfica está incluso.

Desobstruções

Pelo mesmo contrato, a DAE vai realizar a manutenção preventiva de 140 quilômetros de redes e interceptores, de pequeno, médio e grande porte, que passarão por limpeza, desobstrução e desassoreamento. “Como já fizemos no ano passado, estamos agindo para evitar vazamentos em função de entupimentos da rede”, explica o diretor.

Dados da Manutenção mostram que, por mês, são quase 300 ocorrências de desobstrução atendidas pela DAE. O serviço completo – incluindo televisionamento e manutenção – será realizado em 12 meses. O investimento é de R$ 4,8 milhões.

Fonte: DAE Jundiaí

Última modificação em Quinta, 04 Junho 2020 10:15
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2020 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação