20 de Julho, 2020

Recomposição do asfalto é prioridade do SAAE Itabirito

O planejamento de asfalto é realizado com antecedência para causar o menor impacto possível nas vias e no tráfego.

Além da manutenção das redes de água e esgoto nas ruas da cidade, o Serviço Autônomo de Saneamento Básico (SAAE) de Itabirito (MG) não tem medido esforços na qualidade do serviço de recomposição asfáltica promovido pela autarquia.

O SAAE vem investindo na aquisição de maquinário que permita a execução de suas tarefas com qualidade e no menor tempo possível e na qualificação de sua equipe.

O supervisor de Obras Civis do SAAE, Giovanne Vicente Ferreira, explica que toda obra feita pela autarquia é seguida por um trabalho de recomposição asfáltica minucioso para gerar o menor impacto possível nas vias.

Ele explicou que o SAAE gasta por mês uma média de 80 toneladas de asfalto e todo o trabalho feito, por uma empresa terceirizada, desde as medições até a própria recomposição é acompanhado pela equipe do SAAE.

Segundo Giovanne, todo o planejamento de asfalto é realizado com antecedência para causar o menor impacto possível nas vias e no tráfego.

“Definimos as rotas dos caminhões, acompanhamos a textura do material, conferimos as medições e fiscalizamos a execução do serviço final para que o asfalto anterior sofra o menor impacto possível”, contou.

O diretor-presidente do SAAE, Rogério Eduardo, afirmou tem dado muita atenção ao serviço de recapeamento das vias devido ao aumento do número de obras realizadas em prol da melhoria de abastecimento e coleta de esgoto da cidade.

“Deixar o mínimo de danos possível nas ruas, após as obras, é uma prioridade de nossa equipe e a qualidade do serviço de asfalto é algo pelo qual não abrimos mão”, finalizou Rogério.

Fonte: SAAE Itabirito

Última modificação em Segunda, 20 Julho 2020 10:24
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2020 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação