13 de Julho, 2015

Assemae debate crise hídrica com vereadores

O evento reuniu pesquisadores, gestores públicos, representantes do governo federal e do Conselho Nacional das Cidades

De 09 a 11 de julho, a Frente Nacional de Vereadores pela Reforma Urbana (FRENAVRU) e a União dos Vereadores do Brasil (UVB) realizaram em Manaus (AM) o encontro nacional das duas entidades. O diretor da Assemae, Silvio José Marques, foi palestrante do evento na sexta-feira, 10 de julho, debatendo sobre o processo de escassez hídrica no Brasil.

O evento reuniu vereadores de várias regiões do país, pesquisadores, gestores públicos, além de representantes do governo federal e do Conselho Nacional das Cidades. Temas importantes aos municípios tiveram destaque no encontro, a exemplo da escassez hídrica, reforma política e mobilidade urbana.

Silvio Marques integrou o painel “Crise das águas e o futuro das cidades”, sob a coordenação do vereador Waldemir José (PT/Manaus) e participação da vereadora Márcia Regina, de Ji-Paraná (RO), além dos palestrantes Alexandre Araújo Godeiro, Especialista em Infraestrutura Sênior da Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental / Ministério das Cidades; e Marco Antônio de Oliveiras, superintendente regional do Serviço Geológico do Brasil (CPRM).

O diretor da Assemae apontou a importância do investimento na segurança hídrica e no planejamento das políticas públicas. Para ele, a falta de água causa impactos diretos e indiretos sobre a saúde humana, meio ambiente, economia e oferta de serviços públicos. 

Segundo Marques, a crise exige o compromisso do poder público com as políticas planejadas e integradas. “Se antes a preocupação era expandir os sistemas de abastecimento e produção de água para atender a demanda de crescimento no país, hoje há um desafio mundial: manter a quantidade e qualidade das fontes de abastecimento”, alertou.

 

Última modificação em Quinta, 16 Julho 2015 12:33
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2021 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação