22 de Outubro, 2015

SeMAE São José do Rio Preto vai se associar à Assemae

A autarquia rio-pretense é responsável pelos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário

No dia 21 de outubro, o presidente da Assemae, Aparecido Hojaij, se reuniu com o diretor de gestão do Serviço Municipal Autônomo de Água e Esgoto de São José do Rio Preto (SeMAE), Manoel de Jesus Gonçalves. Na pauta, o debate sobre os desafios do saneamento básico e a proposta de adesão da autarquia rio-pretense como associada da Assemae.

Durante o encontro, Hojaij destacou a agenda de lutas da Assemae a favor do saneamento básico, além de ressaltar a atuação da entidade em conquistas histórias, a exemplo da aprovação dos marcos regulatórios da área. Disse, ainda, que a Assemae permanecerá atuando fortemente junto ao poder público, com o objetivo de assegurar o desenvolvimento do setor.

O presidente também pontuou a necessidade de unir esforços em busca do protagonismo municipal nas políticas públicas de saneamento básico. Por isso, convidou oficialmente o SeMAE de São José do Rio Preto para se associar à Assemae, estimulando a gestão pública de qualidade, controle social e sustentabilidade. “Consideramos o SeMAE um parceiro importante para fortalecer a pauta do saneamento básico. Nossa missão é defender os municípios e também lutar pela melhoria da qualidade de vida da população”.

Segundo Manoel de Jesus Gonçalves, a Assemae cumpre um papel fundamental como entidade que representa os serviços municipais de saneamento básico. “Temos grande interesse na adesão porque conhecemos a credibilidade da Assemae. Certamente, essa parceria nos dará maior suporte para o desenvolvimento de soluções focadas na saúde e bem estar dos rio-pretenses”.

SeMAE

A autarquia municipal é o órgão responsável pelo serviço de abastecimento de água (captação, adução, tratamento, reserva e distribuição de água potável), além da coleta, afastamento e tratamento dos esgotos domésticos do município de São José do Rio Preto, e distritos de Talhado e Engenheiro Schmitt, em São Paulo.

A Estação de Tratamento de Água (ETA) do SeMAE utiliza processos físico-químicos para a potabilização, com unidades de clarificação. O controle de qualidade da água é feito em um laboratório central, equipado por instrumentos de última geração. Já a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) tem capacidade para tratar até 1,094 mil litros por segundo. A eficiência obtida ultrapassa os 98%, em todos os itens, inclusive no que se refere ao grau de pureza da água que é devolvida ao rio. Desde 2010, a ETE se tornou referência em parâmetro de qualidade no tratamento de esgoto.

Última modificação em Quinta, 22 Outubro 2015 16:28
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2019 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação