08 de Dezembro, 2020

Sanear de Rondonópolis se destaca em pesquisa

Segundo ranking da ABES, Rondonópolis é a única cidade de grande porte da região na categoria Rumo à Universalização.

De acordo com o Ranking da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes), bem à frente de algumas Capitais, Rondonópolis (MT) é a única cidade de grande porte do Centro-Oeste na categoria Rumo à Universalização, apresentando 495,14 pontos, em segundo lugar está a cidade de Brasília com 484,36 pontos, Goiânia 472,31 pontos, Campo Grande 458,89 e, em quinto lugar Cuiabá 299,14.

No Mato Grosso, de acordo com a Abes, Rondonópolis é destaque em primeiro lugar, superando Cuiabá com quase 200 pontos de diferença. Em segundo lugar, com 350,95, está Tangará de Serra, seguida por Sinop com 346,61 pontos, Cuiabá 299,14 pontos, Várzea Grande aparece em quarto lugar com 267,62 pontos.Rondonópolis foi bem avaliada em itens como 100% de abastecimento de água, 100% de tratamento de esgoto, 99,95% do lixo urbano coletado e 99% dos resíduos sólidos com destinação correta.

A 4ª edição do ranking Abes pela Universalização do Saneamento ocorreu em junho de 2020, onde reuniu 1857 municípios. Rondonópolis apresenta uma diferença mínima de 4,86 pontos para a primeira colocada, que era de 12 pontos em 2019. Esta evolução demostra o comprometimento da gestão municipal rumo à universalização do saneamento.

Os municípios que apresentaram as informações para o cálculo dos indicadores que compõem o Ranking foram classificados em quatro categorias de acordo com a pontuação total obtida pela soma do desempenho de cada indicador. A pontuação máxima possível é de 500 pontos, atingida quando o município alcança 100% em todos os cinco indicadores. As categorias são: Rumo à universalização acima de 489,00, Compromisso com a universalização de 450,00 a 489,00, Empenho para universalização de 200,00 a 449,99 e abaixo de 200,00 pontos Primeiros passos para a universalização.

“Finalizamos o nosso Plano de Saneamento em 2019, que é era uma prioridade da gestão. Um dos nossos diferenciais é que esse serviço é público, coordenado pelo município, o que faz muita diferença”, explica o diretor técnico do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear), Hermes Ávila.

Fonte: Portal Minuto MT

Última modificação em Terça, 08 Dezembro 2020 10:23
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2021 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação