03 de Julho, 2018

Caxias inicia projeto de esgotamento sanitário

Os trabalhos estão sendo executados pela empresa Planacon – Planejamento e Consultoria, de Teresina/PI, com recursos do MCidades.

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE Caxias iniciou um trabalho de levantamento topográfico de toda a cidade para a elaboração do projeto de Sistema de Esgotamento Sanitário. A ação está sendo realizada por meio da aerofotogrametria – cobertura aerofotográfica realizada por meio de veículo aéreo não tripulado, como o drone, permitindo mapear a cidade por meio de imagens aéreas tiradas de uma grande localização geográfica com o uso de software específico.

É um sistema bem moderno que garante mais precisão em relação a outros levantamentos que não utilizam drones. As imagens são feitas com a ajuda de radares gerando com precisão as distâncias e as elevações das áreas. Tudo isso realizado em um menor tempo possível em relação a outros processos de levantamento topográfico”, explica o engenheiro civil da Planacon, Fernando Baptista.

O levantamento topográfico é a primeira etapa do projeto que deverá ser realizado no prazo de até 45 dias.

Esse levantamento vai permitir também ao SAAE a implantação da setorização da rede de abastecimento de água de Caxias possibilitando que, quando a nossa equipe for retirar um vazamento em um determinado bairro, apenas a rede daquela região seja desligada, temporariamente, para a execução do trabalho, sem afetar outros bairros como acontece atualmente, mais um ganho de disponibilidade de água para a população”, enfatiza o diretor do SAAE Caxias, o engenheiro Arnaldo Arruda.

O Sistema de esgotamento sanitário proporcionará mais qualidade de vida para a população de Caxias. São melhorias que vão além da água tratada, coleta e tratamento dos esgotos. São avanços que refletem também na educação, na expansão do turismo, na valorização dos imóveis, na renda do trabalhador, na despoluição dos rios e na preservação dos recursos hídricos.

Lei de Saneamento

A Lei Federal 11.445 foi sancionada em 2007 e estabelece as diretrizes nacionais e a política federal de saneamento. A partir da nova lei ficou definido que o planejamento do saneamento básico está a cargo do município, e a prestação dos serviços pode ser feito pelo poder público municipal ou por concessionária pública e/ou privada.

Fonte: SAAE Caxias

Última modificação em Terça, 03 Julho 2018 14:51
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2018 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação