28 de Janeiro, 2020

Semae inicia obras para abastecer penitenciária

A obra é resultado de parceria entre a Prefeitura de São Leopoldo e o Governo Estadual.

Com método não destrutivo, o Semae de São Leopoldo (RS) iniciou nesta segunda-feira, 27/01, a implantação de 350 metros da rede que levará água até a Penitenciária Estadual de Sapucaia do Sul. A obra é resultado de um acordo feito entre o prefeito Ary Vanazzi e o governador Eduardo Leite no início do mês.

Localizada na Rua Vinte de Setembro, no Bairro São João Batista, a nova rede de PEAD (polietileno de alta densidade) tem 110mm de diâmetro e abastecerá a casa prisional construída pelo Governo do Estado no município vizinho. Sua extensão compreende o trecho que vai da margem da BR-116 até a Rua do Horto.

Ao Semae, coube a análise e a aprovação do projeto e a execução do trecho leopoldense da obra. O valor investido será custeado pela Corsan, que ainda fará a travessia da rede pela BR-116 e a extensão de suas próprias tubulações no perímetro sapucaiense.

O volume de água consumido na Penitenciária será pago mensalmente pela Corsan ao Semae. O abastecimento do bairro São João Batista não será afetado, já que a rede implantada é nova e destinada apenas à Penitenciária.

Retorno para o Hospital Centenário

Durante as tratativas para fornecer água à casa prisional, o prefeito Ary Vanazzi exigiu como contrapartida um aumento no repasse mensal ao Hospital Centenário. A partir de agora, a casa de saúde, que antes recebia R$ 255 mil por mês, contará mensalmente com R$ 750 mil de recursos estaduais.

Fonte: Semae São Leopoldo

Última modificação em Terça, 28 Janeiro 2020 10:20
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2020 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação