27 de Mai, 2020

Jaraguá do Sul recebe robô para drenagem urbana

O equipamento visa agilizar as vistorias nas tubulações da rede pluvial do município.

A Diretoria de Drenagem Urbana do Samae de Jaraguá do Sul (SC) acaba de receber uma ferramenta importante para agilizar as vistorias nas tubulações da rede pluvial do município. Trata-se de um robô equipado com câmera de vídeo e que pode verificar entupimentos, tubulação interrompida por quebras, ligações irregulares, ligações mal feitas, entre outros casos que impedem o escoamento da água da chuva até os rios.

O equipamento Modelo Light V3, foi desenvolvido especialmente para o Samae. Possui um cabo que oferece autonomia de deslocamento por 100 metros no interior das tubulações. A câmera é Gopro de alta definição, com zoom e direcionamento para qualquer ponto, além de um conjunto de Led para iluminação do percurso.

O sistema de controle do equipamento é sem fio, facilitando o manuseio. Possui tração nas quatro rodas e bateria com autonomia de 40 minutos. O conjunto contempla ainda uma maleta de transporte equipada com monitor para visualização das imagens transmitidas em tempo real pela câmera do equipamento. O Light V3 pode circular a partir de tubulações acima de 30 centímetros de diâmetro. O investimento do Samae foi de aproximadamente R$ 17 mil.

A diretora presidente do Samae, Evânia Duarte Liebl, considera que o equipamento vai agilizar as inspeções por método não destrutivo. “O que acontecia até agora era por meio de escavações que, nem sempre, identificavam de imediato o local de uma intervenção na drenagem. O robô nos dará o exato local onde deveremos fazer a escavação, por exemplo”, explica.

Já o diretor de Drenagem Urbana, Carlos Joelcy Engel acrescenta que o banco de dados referente à drenagem urbana de Jaraguá do Sul consta de 360 quilômetros de redes pluviais, enquanto que, pelo tamanho do município a estimativa é de que existam cerca 1,5 mil quilômetros de tubulações. “Nos faltam muitas informações sobre essas tubulações, seus diâmetros, localização entre outras informações que são importantes para montarmos um mapa da drenagem de Jaraguá do Sul”, finaliza.

Fonte: Samae Jaraguá do Sul

Última modificação em Quarta, 27 Mai 2020 11:14
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2020 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação