17 de Março, 2021

Daae Araraquara prepara bacia de retenção

A obra pretende reter e depositar os resíduos carregados pelas chuvas em uma barragem acima da área de captação.

O Daae de Araraquara (SP) iniciou nesta terça-feira (16) as intervenções para a construção da bacia de retenção de resíduos sólidos na represa de captação superficial do Ribeirão das Cruzes, uma das principais fontes superficiais de abastecimento público do município, responsável pela produção de 25% do volume de água captado e distribuído à população.

O objetivo da obra é reter e depositar os resíduos sólidos carregados pelas chuvas em uma barragem acima da área de captação, evitando que esses materiais cheguem até a represa e, consequentemente, conter o processo de assoreamento do local.

É importante ressaltar que a expansão imobiliária que ocorreu nos últimos anos, ocasionou a desativação de várias represas a montante da captação das Cruzes, o que contribuiu, significativamente, para o assoreamento deste importante manancial de captação superficial utilizado pelo Daae desde o ano de 1945.

A obra está sendo executada pela empresa MB Dragagens, vencedora do processo licitatório e está sob coordenação da gerência de Engenharia da autarquia. A gerência de Proteção de Recursos Hídricos e Mananciais também acompanhará todo o andamento do processo. Vale destacar ainda que o Daae obteve aprovação ambiental da Cetesb para realizar intervenção na área do manancial.

Para essa obra, foram destinados R$ 449 mil, sendo R$ 350 mil do Fundo Municipal de Desenvolvimento Ambiental, aprovados pelo Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Comdema) e R$ 99 mil do Fundo Municipal de Saneamento Básico.

O prazo de execução é de 120 dias, com conclusão prevista para julho. O Daae reforça que o andamento dos serviços não afetará o abastecimento público de água.

Fonte: Daae Araraquara

Última modificação em Quarta, 17 Março 2021 10:14
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2021 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação