27 de Março, 2019

Águas do Pantanal adquire caminhões

A aquisição pretende colaborar na desobstrução de galerias de águas pluviais. 

Os constantes alagamentos, em bairros de Cáceres (MT) como COHAB Velha, Cidade Alta, Espirito Santo e São José, provocados por entupimentos das galerias de águas pluviais, nos períodos chuvosos, tendem a diminuir e até acabar, nos próximos meses. A prefeitura, através da autarquia Águas do Pantanal, adquiriu um caminhão com equipamentos de hidrojato, utilizado para desobstrução de canais, bueiros e bocas-de-lobo. Além desse maquinário, adquiriu ainda 4 novos caminhões coletores de lixo.

O investimento totalizou um milhão trezentos e sessenta e oito mil reais. Todo maquinário foi adquirido, através de pregão eletrônico, com recursos próprios, resultado de economia equivalente a R$ 100 mil mensal, desde que a autarquia assumiu o trabalho da coleta de resíduos sólidos, no município, em setembro de 2018. A entrega do maquinário está prevista para daqui a 90 dias. Somente o equipamento combinado de hidrojateamento, para desobstrução de canais custou, de acordo com a autarquia, R$ 457 mil.

“Creio que se não resolver de vez, esse equipamento irá diminuir muito os alagamentos dos bairros, problema que, quase todos os anos, trazem transtornos, prejuízos e aborrecimentos aos moradores de vários bairros” afirmou o prefeito Francis Maris Cruz, assinalando que a ideia será colocar em funcionamento o maquinário, assim que ele chegar, daqui a 60 ou 90 dias. “Estamos cobrando para que a empresa entregue o equipamento o mais rápido possível. Vamos colocá-lo para funcionar e resolver o problema antes do período acentuado das chuvas”.

Diretor-executivo da Águas do Pantanal, Paulo Donizete da Costa informou que, com a chegada dos novos caminhões coletores de lixo domiciliar, a autarquia terá estrutura necessária para melhorar ainda mais a qualidade da prestação dos serviços a população. “Na verdade, estamos apenas cumprindo o que prometemos, no ano passado, quando afirmamos que assumindo a coleta do lixo domiciliar, além de prestar melhor qualidade dos serviços estaríamos economizando para os cofres públicos” lembrou.

Fonte: Portal Expressão Notícias

Última modificação em Sexta, 29 Março 2019 10:08
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2019 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação