14 de Setembro, 2015

Rondonópolis eleva índice de saneamento

O índice de coleta e tratamento de esgoto deve alcançar os 85% até o final do ano

Segunda maior economia e a terceira em população de Mato Grosso, Rondonópolis, que conta com mais de 215 mil habitantes, teve um grande avanço nos índices de saneamento básico a partir de 2013. A cidade, que no final de 2012 possuía apenas cerca de 26% de coleta e tratamento de esgoto, chegará ao final de 2015 com 85%.

Para este avanço, o Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) tem investido em obras que estão mudando a realidade da população e promovendo mais qualidade de vida, por meio da aplicação de recursos próprios e de convênios com a União, que somam mais de R$ 80 milhões. “A nossa meta é atingir 100% do esgoto coletado e tratado até o final de 2016”, afirma o prefeito Percival Muniz.

Hoje, mais de 70% da cidade já estão cobertos pela rede. São 17 elevatórias que levam o esgoto coletado em várias partes da cidade à nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), em operação desde 2014. Também já está em andamento a ampliação e modernização da antiga ETE. “Queremos deixar a cidade preparada para o crescimento dos próximos 10 anos”, destaca o diretor-geral do Sanear, Themis de Oliveira.

O diretor técnico do Sanear, Marcos Brumatti, que também é presidente da Assemae Regional Centro Oeste, destaca que serão entregues mais sete elevatórias e um interceptor de cerca de 3km. “Estão sendo feitos investimentos em obras de ampliação das redes coletoras em diversos bairros da cidade, bem como em coletores”, informa Brumatti.

Fonte: Assessoria de Comunicação Sanear

Última modificação em Segunda, 14 Setembro 2015 17:52
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2019 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação