×

Aviso

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 623
17 de Agosto, 2015

Dmae leva a problemática do lixo à Conferência

A problemática dos resíduos sólidos foi apresentada durante a 5ª Conferência Municipal da Juventude

A 5ª Conferência Municipal da Juventude, realizada no sábado, dia 8 de agosto, contou com a participação do DMAE, representado pelos jovens monitores do Peac - Programa Escola Água Cidadã, da autarquia. Por meio da Tenda Sustentabilidade, os estudantes bolsistas de cursos de graduação de Uberlândia, que atuam nas atividades de educação ambiental do Peac, interagiram com o público, apontando as consequências da produção exacerbada de lixo e apresentando soluções para a problemática dos resíduos sólidos.

Para ilustrar o tema em discussão e chamar a atenção dos participantes, os estagiários transformaram a tenda da autarquia numa espécie de galeria de arte. Vídeos de animação, discutindo os problemas ambientais, e peças de artesanato feitas a partir do lixo – parte delas cedidas pelo Instituto Ipê e pela ong Ação Moradia -, cumpriram o papel de revelar que há outros destinos para o que chamamos de lixo além da lixeira e áreas públicas.

A temática dos resíduos é regularmente discutida pelo Programa Escola Água Cidadã em seu trabalho junto às escolas de Uberlândia, isto porque a destinação inadequada dos resíduos causa sérios prejuízos à qualidade dos mananciais. “Queríamos atrair as pessoas pelo encantamento, com belas peças artísticas, e conseguimos. Quem esperava ver maquetes sobre o tratamento de água, surpreendeu-se com as obras de arte”, diz Severino Pacelli, supervisor de Projetos de Educação Ambiental, do DMAE.

Aurélio Ferreira Gomes, estudante de Biologia e um dos monitores do DMAE envolvidos na montagem da Tenda da Sustentabilidade, conta que além das obras cedidas por organizações do terceiro setor, foram expostas peças feitas pelos próprios estagiários e servidores da autarquia. “Fizemos um vestido com copos descartáveis usados na autarquia durante dois dias; carteiras feitas de embalagem de leite e uma mandala de colheres de sorvete, exemplifica.

Para Pacelli, a participação do DMAE na Conferência Municipal da Juventude cujo lema foi “As várias formas de mudar Uberlândia”, atingiu seus objetivos. “Pudemos mostrar que o lixo é altamente prejudicial à água e que toda a Sociedade tem responsabilidade sobre a sua destinação, e que podemos e devemos escolher a prática certa”.

Fonte: Dmae Uberlândia 

Última modificação em Segunda, 17 Agosto 2015 17:17
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2022 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação