25 de Novembro, 2022

“Casa do Saneamento” é inaugurada pela Assemae em Brasília

Com mais de 90 m2, nova sede da Associação foi inaugurada nesta quarta-feira, dia 23/11

 Um local para debater propostas, discutir novas ideias e contribuir para o desenvolvimento do saneamento básico no Brasil nos próximos anos. “Ter um espaço que ofereça melhores condições de trabalho e seja agradável para receber associados vai nos ajudar a trabalhar em prol da melhoria da vida dos brasileiros”, afirmou Rodopiano Marques Evangelista, presidente da Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento (Assemae).

Localizada no Edifício Empire Center, no centro de Brasília e a cerca de 4 km do Congresso Nacional, a nova sede da Assemae foi inaugurada nesta quarta-feira (23/11/22), com a presença de aproximadamente 100 pessoas, entre associados e convidados. “Temo de levar saneamento para toda a população, especialmente para os cidadãos de baixa renda. Saneamento é qualidade de vida, é mais saúde”, disse Rodopiano. A nova sede conta com três salas comerciais integradas.

“Participamos de todos os debates sobre políticas públicas de saneamento básico nos últimos anos. Esse é um serviço de utilidade pública e se não fosse o setor de saneamento, o número de mortos no Brasil pela Covid-19 poderia ter sido maior”, comenta Rodopiano. Segundo ele, é preciso trabalhar para reduzir o desperdício de água, hoje próximo de 40% e desenvolver tecnologias para melhorar os serviços de coleta de lixo, tratamento de esgotos e drenagem.

Aparecido Hojaij, diretor financeiro da Assemae, classificou a nova sede como Casa do Saneamento. “Por aqui vão passar as grandes discussões de saneamento nos próximos 10 anos, considerando que meta de universalização dos serviços é 2033”, afirmou Hojaij. Segundo ele, a nova sede é um espaço para receber prefeitos, planejar cursos de capacitação, discutir parcerias e consolidar o saneamento básico como uma política de inclusão social.  “O saneamento não é uma mercadoria. Precisa estar acessível a todos”.

Viviane Gabriel, da SAAE de Passos (MG), classificou a nova sede como “um local agradável e aconchegante”, que, além de reduzir despesas com aluguel, servirá de apoio para os associados durante reuniões em Brasília. Já Mário Guerino, vice-presidente da ABES (Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental), destacou que a nova sede será um espaço de discussão e integração com entidades parceiras da Assemae, especialmente a partir de 2023, quando temas importantes para setor devem entrar na pauta do novo governo e do no Congresso Nacional.

Francisco dos Santos Lopes, secretário-executivo da Assemae e responsável pela reforma das três salas, uma delas própria da Assemae, afirmou que, além de servir de base de apoio para os associados, a nova sede também facilitará a atuação política da Associação, uma vez que fica próxima à Esplanada dos Ministérios. Waldo Villani Júnior, presidente da regional São Paulo, destacou o fato de que ter um “chão próprio” para receber os associados fortalece a atuação da associação, criada há 38 anos. “Saneamento básico se faz nos municípios, mas é preciso apoio dos governos federal e estadual”, disse ele.

Para Evandro Biancarelli, do DAE de Jundiai (SP), ter um espaço para discutir temas da área de saneamento e buscar ideias criativas para universalizar os serviços prestados à população contribui para o trabalho desenvolvido pela Assemae e seus associados, que hoje está presente em municípios que atendem a mais de 60 milhões de pessoas. Osvalcir Peters, presidente da SAMAE de São Bento do Sul (SC), classificou a nova sede como um “espaço moderno, agradável e adequado para trazer prefeitos, buscar recursos federais e integrar os associados”.

A inauguração da nova sede faz parte da comemoração dos 38 anos da Entidade que defende o saneamento público municipal com gestão de qualidade. A Assemae está à disposição dos associados e trabalha para que a população tenha qualidade de vida e saúde por meio do saneamento. “Temos uma longa caminhada rumo à universalização e a Asseme está preparada para isso. Contamos com o apoio de todos”, finalizou.

Última modificação em Sexta, 25 Novembro 2022 18:43
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2024 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação