03 de Agosto, 2017

Dmae Uberlândia realiza obras de abastecimento

O sistema  de captação e tratamento de água irá garantir a ampliação do abastecimento na cidade. 

Mais de 30% das obras do Sistema de Captação e Tratamento de Água Capim Branco já estão concluídas. Desse total, 13% foram executados somente neste ano. A construção, sob a responsabilidade do Consórcio BT Convap Completa (BCC), irá potencializar o serviço oferecido pelo Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) de Uberlândia, garantindo o abastecimento e a ampliação da oferta de água na cidade.

Uma das frentes de trabalho está concentrada na represa onde está em construção o canal para captação de água bruta. São cerca de 5 mil metros cúbicos de aterro na área de retirada de água da represa. A previsão de conclusão para esta etapa é de duas semanas. Neste ponto também está sendo erguida a casa de máquinas.

A obra do Sistema de Captação e Tratamento de Capim Branco, às margens do rio Araguari, foi projetada na última gestão do prefeito Odelmo Leão (2012) e vai permitir, após a conclusão de sua 1ª etapa (prevista para o início de 2019), o abastecimento de água para mais 500 mil habitantes. Interligada às estações já existentes – Sucupira e Bom Jardim – garantirá abastecimento a 1,5 milhão de pessoas.

Mais obras

Em outro trecho, está em andamento o tanque de decantação utilizado em uma das etapas do tratamento da água. A construção do tanque se destaca pela realização de etapas que exige a concentração de uma força-tarefa empenhada na execução. Foi o que aconteceu na primeira concretagem quando uma equipe de 100 pessoas, utilizou 1.200 toneladas de concreto e outras 100 toneladas de aço no procedimento. Durante 12 horas, cerca de 20 caminhões se revezaram no transporte do material, enquanto os funcionários fizeram a distribuição e compactação da massa.

Sistema

O Sistema Capim Branco é composto pela captação às margens da represa do Capim Branco I, pela ETA (localizada na região próxima à Tenda do Moreno) e 20 km de adutoras de grande diâmetro que vão conduzir a água até o sistema de reservação do Custódio Pereira, onde será interligado à rede de distribuição existente. Parte desses 20 quilômetros de tubulação já está pronta. O percurso dos tubos, com cerca de 1,2 metro de diâmetro, segue o mesmo traçado da estrada de Pau Furado e foi construído nas margens da via. Atualmente, as adutoras estão sendo colocadas no prolongamento da avenida Anselmo Alves dos Santos. Atualmente são gerados cerca de 400 empregos diretos e outros 80 indiretos.

Fonte: Dmae Uberlândia

Última modificação em Quinta, 03 Agosto 2017 14:32
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2019 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação