24 de Abril, 2015

Assemae participa de seminário sobre estiagem

Evento internacional apresentou as melhores práticas de gestão da escassez hídrica em nove países

Nos dias 23 e 24 de abril, especialistas de várias partes do mundo estiveram reunidos, em São Paulo, durante o Seminário Internacional sobre Gestão da Água em Situações de Escassez. A convite do Ministério das Cidades, por intermédio da Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental (SNSA), a Assemae enviou ao encontro uma comitiva formada por 16 representantes dos serviços municipais de saneamento básico.

Promovido pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), em parceria com o Ministério das Relações Exteriores (MRE) e o apoio da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o seminário apresentou as melhores práticas internacionais de gestão da escassez hídrica, a partir do relato de países que possuem experiência com os impactos da estiagem, a exemplo de China, Austrália, Espanha, Estados Unidos, Japão, Israel, Cingapura, Uruguai e México.

A mesa de abertura teve a participação da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira; ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira; presidente do Conselho Temático de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Coema) da CNI, Marcos Guerra; e do coordenador de Recursos Hídricos do Estado de São Paulo, Rui Brasil Assis.

Na ocasião, Izabella Teixeira destacou o empenho do Governo Federal para regulamentar a utilização de água de reúso. Atualmente, essa normatização é debatida nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro. “Essa é uma discussão no Brasil. Nós vamos pegar a experiência internacional e coordenar isso. Qual é o melhor caminho, se precisa de lei, decreto ou norma. Hoje, não há legislação definida”, ressaltou.

Segundo o presidente da Assemae, Silvio José Marques, o seminário foi importante para a troca de experiência estrutural e conjuntural sobre o planejamento hídrico. “É fundamental conhecer e discutir as políticas que deram certo em outros países. A gestão da água exige o comprometimento com medidas planejadas e integradas, capazes de garantir o abastecimento da população mesmo em situações climáticas extremas”, destacou.

Cerca de 400 convidados participaram do evento, entre gestores da água, grandes consumidores, prestadores de serviços de saneamento e empreendedores. A comitiva da Assemae contou com os seguintes representantes: Silvio José Marques (Assemae Nacional), Aldo Gomes da Costa Filho (Semasa/Santo André/SP), Aparecido Hojaij (SAAEJ Jaboticabal/SP), Nadia Brugnera Silva (Saae Guarulhos/SP), Alessandro Tetzner (Sanasa/Campinas/SP), Aray Jorge Martinho (DAE Jundiaí/SP), Ademir Izidoro (Samae/Jaraguá do Sul/SC), Idair Moschen (Samae/Caxias do Sul/RS), Joaquim Ferreira de Medeiros Neto (SAAE Juazeiro/BA), Arsonval Silveira Macedo Netto (SAAETRI Três Rios/RJ), Tânia Maria Duarte (SAAE Raul Soares/MG), Cláudio Buzetti (SAMAE Ibiporã/PR), Fábio Hell Andrade (Cisabes/ES), Ceci Bueno Kuncevinicus Bueno de Caprio (Semae São José do Rio Preto/SP), Ivani Vaz de Lima (Semae São José do Rio Preto/SP) e Jaqueline Freitas Reis (Semae São José do Rio Preto/SP).

Com informações do MMA

Foto: José Paulo Lacerda/CNI

Última modificação em Quinta, 30 Abril 2015 18:43
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2021 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação