18 de Novembro, 2019

Jaraguá do Sul avança em obras de saneamento

Mais de R$ 23 milhões estão sendo investidos, por meio do Plano de Ampliação de Saneamento.

O Samae trabalha para melhorar ainda mais o Sistema de Abastecimento de Água do município de Jaraguá do Sul (SC). Mais de R$ 23 milhões estão sendo investidos, por meio do Plano de Ampliação de Saneamento, para aumentar a capacidade de reservação, controlar as perdas e, consequentemente, dar mais confiança ao sistema. Atualmente, o Samae conta com sete Estações de Tratamento de Água (ETA). A principal está situada no bairro Água Verde e atende 70% da demanda de água, com capacidade de 1.000 litros por segundo (l/s). A segunda maior estação está situada no Garibaldi, com capacidade para 160 litros por segundo, atendendo 20% da demanda.

As outras cinco estações são do tipo tratamento simplificado, localizadas em áreas mais altas ou afastadas e juntas atendem 10% da demanda, sendo identificadas pelos seguintes nomes: Águas Claras (12 litros por segundo), Boa Vista (4 litros por segundo), Krause (15 litros por segundo), Rio Molha (28 litros por segundo) e Santa Luzia (6 litros por segundo). Duas destas estações utilizam tratamento do tipo filtração lenta e três utilizam a filtração direta, seguidas de desinfecção.

Com as obras do PAS - Programa de Ampliação do Saneamento, quatro das Estações de Tratamento de Água que utilizam processo simplificado serão desativadas. Até o fim do primeiro semestre de 2020 haverá somente três ETAs: Central, Sul e Santa Luzia. Desta forma, o sistema de abastecimento de água será mais seguro, com menos suscetibilidade às estiagens ou períodos de fortes chuvas, que comprometem o tratamento nas estações de menor porte.

No caso do Boa Vista, principalmente, já instalamos os dois reservatórios de 100 mil litros cada na ERAT da Rua Rinaldo Bogo. Eles receberão água da ETA Central e não mais do SI do Ribeirão Boa Vista. Na próxima semana serão iniciadas as obras de implantação da rede que ligará a ERAT da Rinaldo Bogo, passando pela Rua Antônio Radtke, seguindo pela Domingos Rosa até o reservatório intermediário, na frente da Escola Adelino Francener. Esta será uma rede em PEAD (Polietileno de Alta Densidade), material com menor número de conexões, com mais capacidade de suportar alta pressão, diminuindo os riscos de rompimentos. A previsão é que as obras sejam entregues até o fim de dezembro, para garantir o abastecimento de água, independente das condições climáticas.

Ainda em relação ao Boa Vista, relatório da Coordenadoria das ETAs aponta que houve um aumento considerável no consumo de água na região do Boa Vista, em 1029, enquanto que não houve alteração no volume de tratamento de água, por conta das condições estruturais daquele Sistema Independente. O mesmo relatório mostra que a produção de água tratada durante o inverno de 2019 foi maior que o volume produzido durante o verão de 2018. Se continuar com está média, o ano de 2019 chegará com uma produção de 35 milhões de litros de água a mais que 2018. Esta produção é o equivalente ao que foi entregue de água tratada no Boa Vista nos meses de outubro, novembro e dezembro do ano passado.

Fonte: Samae Jaraguá do Sul

Última modificação em Segunda, 18 Novembro 2019 11:04
Mais nesta categoria:
ASSEMAE © 2019 | Todos os direitos reservados Desenvolvido por Trídia Criação